1 de abr de 2010

Fichamento - O que é?


Fichamento

"... transcrição em ficha de informações pertinentes à realização do trabalho acadêmico. As fichas constituem-se de valioso recurso de estudo de que se valem os pesquisadores para a realização de trabalhos científicos ou acadêmicos". (MEDEIROS, 1999, p. 97)

Ao elaborar a ficha é essencial referenciar a fonte consultada, ou seja, mencionar o(s) autor(es), título, edição, Editora, local, data da publicação, bem como sinalizar as páginas transcritas.


O fichamento pode ser dos seguintes tipos:

Fichamento de Transcrição: Transcrição de partes essenciais do texto, mencionando a página onde está contida a informação;
Fichamento de Síntese: Transcrição de partes essenciais do texto, podendo ser retirados conectivos que não comprometam a compreensão do texto;


Fichamento com comentários: Além de transcrever as partes essenciais do texto mencionando a página, fazer comentários interpretativos sobre cada trecho;


Fichamento de resumo: Medeiros (1999) faz uso desta nomenclatura para classificar o tipo de fichamento que se caracteriza pela possibilidade de se fazer um resumo das partes essenciais do texto de forma “livre”, ou seja, não copiando a fala do autor na íntegra, nem suprimindo partes que não comprometam a compreensão do texto, mas apresentando idéias centrais do autor e como todos os outros tipos, menciona-se a página que a informação ou ideia foi retirada. 


Lembre-se: o fichamento de resumo difere do resumo indicativo, porque no fichamento de resumo, o resumo será de trecho por trecho mencionando as páginas, ao passo que no resumo indicativo, será sintetizada a ideia do texto no todo, sem que seja necessário mencionar a página. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário